Bahia

Como ir de Ilhéus a Itacaré e Barra Grande: roteiro de carro pela Costa do Cacau

Como ir de Ilhéus a Itacaré e Barra Grande: roteiro de carro pela Costa do Cacau
07 abr 2016
Atualizado em: 27/10/2017

O roteiro é de encher os olhos apesar do tempo apertado. Dez dias percorrendo o sul da Bahia, de Ilhéus a Salvador, pelas Costas do Dendê e do Cacau. São praticamente três viagens em uma. Roteiro cultural pelas terras de Jorge Amado, praias lindas e paisagens agrestes na Península de Maraú (ôba) e a tudo-de-bom Salvador pra terminar o tour.

Cada um destes lugares merece uma viagem inteira com certeza. Mas a nossa ideia era botar o pé na estrada e aproveitar o caminho em um dos pedaços mais bonitos do litoral brasileiro. Neste post, conto como ir e o que fazer no trecho de 130 quilômetros de Ilhéus a Camamu, de onde partem os barcos para a Península de Maraú.

Nosso roteiro de Ilhéus a Barra Grande, via Camamu

Nosso roteiro de Ilhéus a Barra Grande, via Camamu

Nosso voo chegou no início da tarde, o que nos deu tempo de percorrer o centro de Ilhéus a pé. A cidade, que foi a capital do cacau por dois séculos, parece saída de um livro de Jorge Amado. No dia seguinte, conhecemos as praias e uma antiga fazenda de cacau perto de Itabuna.

Ilhéus: O que fazer na terra de Gabriela

Ilhéus

Ilhéus

Antes de seguir viagem, tínhamos ainda um problema prático a resolver. Normalmente decido sobre o transporte quando estou planejando a viagem. Desta vez, não consegui desfazer o nó a distância e resolvi procurar a solução in loco.
Tínhamos duas opções:

Opção 1 – Ir de ônibus de Ilhéus a Camamu. Com certeza, a opção mais prática. A Viação Águia Branca faz o roteiro várias vezes ao dia (ida pela manhã e volta à tarde) e vende as passagens pelo site.
Problema: A ideia era aproveitar o percurso, fazer paradas no caminho e conhecer as praias, incluindo Itacaré. De ônibus, isso não seria possível.

Opção 2 – Alugar um carro.
Problema: As maiores empresas de locação não têm escritório em Camamu. Uma saída seria deixar um carro em um estacionamento durante a estada em Barra Grande e depois seguir viagem com ele até Salvador. Mas a taxa de retorno de Salvador a Ilhéus ficaria caríssima, inviável mesmo.

Encontramos a solução no hotel. Os funcionários indicaram uma locadora local que , além de cobrar uma diária mais barata, topavam buscar o carro em Camamu cobrando apenas o valor do combustível para o retorno. Bingo!

A bela estrada-parque entre Ilhéus e Itacaré ( e uma lagoa no caminho)

BA 001, entre Ilhéus e Camamu

BA 001, entre Ilhéus e Camamu.

Os 70 km da rodovia BA 001 entre Ilhéus e Itacaré são um exemplo de preservação ambiental. O asfalto, novinho em folha, fica longe do mar para evitar a ocupação desordenada da orla, mas há estradinhas de acesso bem sinalizadas para todas as praias.

Em tese, teríamos o dia todo para conhecer várias delas, mas…havia uma lagoa no meio do caminho.

Lagoa Encantada

Lagoa Encantada

Lagoa Encantada
O acesso à Lagoa Encantada fica a 16 km de Ilhéus. Depois, são mais 13 km por uma bela estradinha de terra que cruza montanhas e áreas de floresta. O caminho estava molhado, o que nos obrigava a andar devagar até o mirante na parte mais alta.

Ao ver a estrada descendo o morro até a lagoa, tive aquele lampejo que já me salvou de muitas furadas. “Isso não vai dar certo”. Mas, justo neste momento, um ônibus lotado passou por nós subindo a montanha. “ Se ele sobe, a gente também consegue”, pensei.

Descemos o morro e quase que a gente não sai de lá.

Subindo o morro a pé

Subindo o morro a pé

No meio da subida, o carro começou a patinar. Diante do risco de cair na ribanceira, saímos todos do carro. Ah, tenho que contar que viajávamos em família: eu, uma sobrinha, meu irmão, duas crianças (meus filhos) e minha mãe de 65 anos. Agora imagine esta turma toda subindo dois quilômetros de morro a pé no meio da lama.

Sem contar o medo de o motorista (meu irmão, no caso, porque eu não tive coragem) despencar ribanceira abaixo se o carro deslizasse na estrada.

No final, deu tudo certo. Nos abraçamos no alto da montanha, cansados, mas inteiros e com uma bela história pra contar.

Cabana da Empada

Cabana da Empada

 

Cabana da Empada

Lógico que esta história toda tomou muito tempo, o que nos obrigou a apenas paradas rápidas até Itacaré. Nosso almoço foi na ótima Cabana da Empada, a 30 quilômetros de Ilhéus. O lugar é uma graça, tem um belo jardim e, o principal, serve mais de 30 variedades de empadas doces e salgadas. A comida também é ótima, mas dá pra ficar plenamente satisfeito experimentando os diversos sabores por cinco reais cada!

Vista do mirante em Serra Grande

Vista do mirante em Serra Grande

Dali em diante, a estrada, cercada por coqueirais e fazendas de cacau, é uma beleza. Fique de olho para não perder a indicação dos mirantes. O mais bonito fica em Serra Grande, uma vila do município de Uruçuca, entre Ilhéus e Itacaré. Do alto, é possível ver mais de 20 quilômetros de praias ainda selvagens da Costa do Cacau, uma região coberta de verde até a beira-mar.

Itacaré

Itacaré é uma cidadezinha charmosa, com vida noturna agitada e praias para todos os gostos, das mais urbanizadas aos recantos onde só se chega por trilha. Para nós, foi apenas uma passagem. Mas a cidade sozinha vale o passeio e pode fazer uma ótima dobradinha com Ilhéus.

De Itacaré a Camamu são mais 60 km já dentro da famosa Costa do Dendê. Chegamos ao porto pouco antes das cinco da tarde, horário da última lancha para Barra Grande, na Península de Maraú.

Camamu e o trecho de barco até Barra Grande

Camamu.

O barco é a melhor opção para chegar a Maraú se você não quiser encarar a esburacada BR 030 que corta a península de norte a sul a partir de Itacaré. Dá só uma olhada no trecho final do caminho de chão já perto da praia de Taipu de Fora:

 

Estrada de terra Itacaré-Maraú

A maior vantagem deste isolamento é que lá você ainda encontra praia deserta em plena costa badalada da Baía. É um lugar preservado, lindo e com boa infraestrutura. Vale muuuuuuuuuuuuuito a pena!
Conto tudo o que tem para fazer lá neste post:

O que fazer e viver na Península de Maraú

Depois de três dias maravilhosos, seguimos para Salvador em esquema de transfer a partir de Camamu. Como as empresas costumam cobrar pela lotação da van, só vale a pena se você estiver em grupo grande como o nosso. Caso contrário, vá de ônibus mesmo.

Resumo da história: eu faria o trecho Ilhéus- Camamu de carro novamente?

Praia da Península de Maraú

Praia da Península de Maraú

Eu faria de novo sim mas deixaria de fora a Lagoa Encantada. É mais interessante usar o tempo para entrar nas belas praias do caminho ou aproveitar melhor Itacaré.

Não é fácil encontrar uma locadora que não cobre a taxa absurda de retorno. No aeroporto, por exemplo, não tem nenhuma. Apenas as pequenas locadoras locais negociam isso. Na correria, acabei perdendo o contato da minha. Uma saída é pedir indicação no seu hotel como eu fiz.

Outra opção muito interessante é fazer apenas o roteiro Ilhéus – Península de Maraú. Você pode deixar o carro num estacionamento em Camamu ( a cidade tem vários) e depois devolver o carro em Ilhéus, sem taxa de retorno. Isso, lógico, se sua ideia for aproveitar bem o caminho.

Pôr do sol em Maraú

Pôr do sol em Maraú

Funcionou pra mim mas, como disse, o contrato pareceu um tanto informal. Vai de cada um topar ou não. O melhor é pegar o contato, ligar com antecedência, negociar o preço, o local de entrega e a questão do retorno. Se tiver tempo, aproveite o carro para conhecer os mirantes de Ilhéus e a Fazenda Primavera. Não esqueça de pedir o documento que comprove o aluguel do carro. 😉

Se quiser menos aventura e mais praticidade, faça o trecho Ilhéus-Camamu de ônibus. Com mais tempo, dá pra ir até Itacaré, passar uma noite lá e pegar o ônibus do dia seguinte para Camamu.

FOTOS:CASSIANA PIZAIA

———————-
Veja os posts da nossa viagem de Ilhéus a Salvador:

Ilhéus: o que fazer na terra de Gabriela
Fazenda Primavera: cacau com história em Ilhéus
O que fazer e viver na Península de Maraú
Taipu de Fora: como chegar e aproveitar a melhor praia de Maraú
O que fazer no Pelourinho: cultura, diversão e história
De ônibus pelas melhores praias de Salvador

por Cassiana Pizaia
compartilhe:

Veja também:

comentários

  1. rafael
    27 set 2016

    Boa noite. Se lembra do nome da locadora de carro que alugaram e não cobraram a devolução em Camamu? Muito obrigado pelas dicas.

  2. Cassiana Pizaia
    23 ago 2017

    Rafael, infelizmente não tenho mais o contato. Mas você pode perguntar para o pessoal do hotel. Normalmente, eles conhecem bem as empresas locais e podem indicar. Eu é que agradeço.

  3. Marina
    17 ago 2018

    Oi, Cassiana. Você acha viável fazer o inverso? Sair de Barra Grande, ir pra Itacaré e fechar a viagem em Ilhéus?

    • Cassiana Pizaia
      24 ago 2018

      Marina, a questão é como você vai chegar a Barra Grande. Se for de avião, os aeroportos mais próximos são Ilhéus e Salvador. No meu roteiro, eu cheguei por Ilhéus, fui para a Península de Maraú e depois segui para Salvador. Mas você pode optar por chegar por Salvador e fazer o roteiro no sentido contrário. Espero ter ajudado. Abraço!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *