Pará

O interior do Para é uma porta de entrada maravilhosa da Amazônia. Na região de Santarém e Alter do Chão, encontramos coisas que parecem inconciliáveis: praias de areia branquinha, um rio imenso de águas azuis e um dos pedaços mais bem preservados da Floresta Amazônica. E o melhor de tudo, dormimos nas margens do Tapajós e entramos na floresta guiados por moradores das antigas comunidades que hoje recebem muito bem os turistas. Procure nos links ou navegue nos posts abaixo para saber mais sobre nossa aventura.

 

 

Todos os textos de Pará

Santarém, no Pará: o que fazer entre Alter do Chão e a Floresta Amazônica
Pará

Santarém, no Pará: o que fazer entre Alter do Chão e a Floresta Amazônica

A meio caminho entre Manaus e Belém, no interior do Pará, Santarém é uma cidade cercada por água e floresta. Ao sul, seus limites se misturam à mata, até desaparecerem dentro da Floresta Amazônica. Nas outras direções, a cidade termina diante do gigante Amazonas ou das praias do translúcido Tapajós. Apesar da localização incrível, os turistas muitas vezes nem entram na cidade. Saem direto do aeroporto para as praias da […]

19 jun 2015
Leia
Entre o Rio Tapajós e a Floresta Amazônica
Pará

Entre o Rio Tapajós e a Floresta Amazônica

A região do Rio Tapajós, no Pará, parece um oásis de areias branca e águas azuis em meio à exuberância da Floresta Amazônica. Alter do Chão é a mais conhecida mas os últimos quilômetros antes da foz no Rio Amazonas são repletos de praias belas e desertas. Algumas comunidades ribeirinhas se organizaram para receber turistas e hoje servem de base também para explorar as trilhas da floresta. Conheça melhor a […]

27 maio 2015
Leia
De Alter do Chão ao Canal do Jari: um passeio de barco entre rios, praias e histórias
Pará

De Alter do Chão ao Canal do Jari: um passeio de barco entre rios, praias e histórias

Uma das vantagens de conhecer Alter do Chão é que logo ali perto está uma das grandes encruzilhadas de rios da Amazônia. Poucos quilômetros rio acima, o Tapajós recebe o rio Arapiuns e  deságua , logo depois, no grande Amazonas. No meio deste mundaréu de água, praias e mangues,  encontramos o Canal do Jari, um dos lugares mais interessantes para se visitar na região. Para chegar lá, nosso barco foi […]

19 dez 2014
Leia
Passeio e trilha pela Floresta Nacional do Tapajós
Pará

Passeio e trilha pela Floresta Nacional do Tapajós

Nossa trilha pela Floresta Amazônica começou no povoado de Jamaraquá, perto de Santarém, no Pará. Aqui, o campinho de areia é a única clareira entre o Rio Tapajós e a Floresta Nacional do Tapajós, um dos pedaços mais bem preservados da Amazônia. O Quem vive na comunidade, nas poucas casas de madeira quase escondidas pelas árvores, come peixe, galinha caipira e sabe tudo da floresta. -> Jamaraquá: Entre o Rio […]

17 dez 2014
Leia
Jamaraquá  |  Entre o Tapajós e a Floresta Amazônica
Pará

Jamaraquá | Entre o Tapajós e a Floresta Amazônica

Nossa primeira noite em Jamaraquá, à beira do Tapajós,foi uma bela introdução à vida real na Amazônia. Havia brisa escapando pelas frestas, insetos na parede, sons estranhos. Uma situação atípica e até um pouco assustadora pra quem está acostumada à vida na cidade. Com a luz do dia, os riscos voltaram ao tamanho que realmente tinham, ou seja, quase nenhum. O único barulho era o dos guachos preparando seus ninhos […]

15 dez 2014
Leia
BOTO COR-DE-ROSA|  O símbolo da Amazônia em risco de extinção
Pará

BOTO COR-DE-ROSA| O símbolo da Amazônia em risco de extinção

De olho no peixe, o filhote salta das águas do Rio Negro fazendo acrobacias diante de turistas fascinados pelo maior golfinho de água doce do mundo. Sem predador nas águas e respeitado fora delas por índios e ribeirinhos, o boto cor-de-rosa, chamado também de boto vermelho, nadava absoluto nos rios da Amazônia. Nos últimos anos, contudo, as rios amazônicos deixaram de ser seguros e o animal entrou de vez na […]

10 dez 2014
Leia
12